Connect with us

CORONAVIRUS ITALIA – Entre 18 de Maio o aplicativo de rastreamento de contactos com Covid-19

ANGOLA VS CORONAVIRUS: informação como primeira arma contra a Covid -19

Salute

CORONAVIRUS ITALIA – Entre 18 de Maio o aplicativo de rastreamento de contactos com Covid-19

“Esta não é uma guerra, mas tem todas a características de uma guerra.” PDG
Não obstante as infinitas polêmicas, não obstante os debates sobre as consequências em rádios e televisões, não obstante os inúmeros anúncios e abaixo-assinados nas redes sociais, o aplicativo italiano de rastreamento de contatos que contribuirá para a contenção do SARS-CoV-2 (Síndrome Respiratória Aguda) na fase 2 começa a tomar forma.

Os italianos temem um possível roubo de dados, possíveis violações da privacidade e hipotética vigilância em massa.

Governo opta modelo Apple e Google
O governo italiano guiado por Giuseppe Conte decidiu trabalhar num modelo de aplicativo celular descentralizado, como o da Apple e do Google. Segundo a Ministra da Inovação, Paola Pisano, o aplicativo será hospedado pela Sogei, empresa pública do Ministério da Economia, enquanto a PagoPa cuidará da coordenação tecnológica.

Sobre os tempos técnicos e políticos
Os tempos constituem o primeiro ponto de complexidade, visto que estão mais ligados a Apple e ao Google do que ao Decreto governativo de reabertura parcial marcada para o dia 4 de Maio.
Segundo as agências, ontem os dois gigantes tech da Califórnia forneceram aos desenvolvedores indicados pelos governos, incluindo os italianos da Bending Spoons, a primeira versão das API (interfaces de programação), sobre as quais se basam os aplicativos nacionais dos países que aderiram à iniciativa. A versão final e as atualizações necessárias são esperadas para 15 de maio, data que coincidi com a última revisão da Autoridade de Proteção de Dados, fim da qual, se procederá com as avaliações do Aplicativo por duas semanas em duas ou três regiões.
O objetivo do Ministério da Inovação é estar pronto a nível nacional já para o dia 18 de maio.

A importância do nome da Aplicação
A escolha do nome foi confiada a Paolo Iabichino, ex-executive Creative Director da Ogilvy Itália e fundador do observatório Civic Brands. Iabichino deve fazer uso da sua experiência e encontrar uma denominação alternativa a “Immuni”, de modos que os italianos aceitem com menores suspeitas instalar o aplicativo.
É oportuno informar que pelo menos na primeira fase, a única tarefa que o aplicativo terá que executar será rastrear contactos. Tornou-se de domínio público que, face a resistência da sociedade civil, o Governo optou em deixar aos cidadãos a livre decisão de instalar ou menos o aplicativo, e nesta óptica se prevê a adesão de 25 ou 30% da população.
Sempre para diminuir suspeitas e tensões acerca do fim último do uso deste instrumento, a Ministra da Inovação informou que o aplicativo usará bluetooth e não recolherá dados de localização. 

Como funcionará o aplicativo contro a Covid-19
Começamos por hipotisar um usuário, Mateus Muteque, que no final do mês de Maio faz o download do aplicativo e sai de casa em direcção ao trabalho. No caminho para o escritório e durante o dia (Imaginem o funcionamento no tráfico de Luanda), o aplicativo percebe os outros dispositivos que o baixaram e que estão por perto e troca com eles códigos aleatórios que mudam frequentemente e são salvos na memória interna de todos os dispositivos envolvidos.
Se por qualquer motivo Mateus fizer um teste e provar positivo para o vírus, o profissional de saúde que comunicará o resultado o convidará a selecionar a opção Carregar dados em seu aplicativo para gerar uma sequência numérica. A sequência será inserida pelo profissional de saúde em uma interface de gerenciamento dedicada e o código (de facto, os códigos, porque eles mudam constantemente) emitidos por Mateus serão carregado no servidor. Nesse momento, todos os smartphones com o aplicativo instalado saberão se tiveram contacto com Mateus Muteque, sem saber quem ele é, porque fazem o download periódico dos códigos infectados do servidor. Qualquer pessoa que tenha entrado em contato com Mateus dentro de dois metros e por mais de 15 minutos (contatos próximos) ou menos de 15 minutos (contatos casuais) receberá uma notificação.
O que acontece a seguir deve ser definido em detalhes e será fundamental para a efectiva utilidade da operação.

A importância do diário clínico e se possível a assistência remota
Com o objetivo de responder o máximo número de questões no mais curto espaço de tempo, intende-se introduzir um diário clínico para rastrear os sintomas e um sistema de assistência remota posteriormente. Não está excluído que eles sejam propostos em outro aplicativo, pois também seriam interações diretas com os cidadãos e não mais apenas a circulação de códigos anônimos, com boa paz das questões de privacidade.

FD|Pacavira

Opinion Maker | Ballerino | Event Organiser. Nato in Angola, abito tra Roma, Vilnius & Luanda. Credo che il pensiero & l'azione facciano la grandezza dell'uomo.

Click to comment

Leave a Reply

Il tuo indirizzo email non sarà pubblicato. I campi obbligatori sono contrassegnati *

More in Salute

Advertisement

Consigliati

Advertisement
To Top